Navigation

Oi, meu nome é   Bint, JAMES BINT...com permissão para fritar!

A Sua Alteza Real Laurent, Príncipe da Bélgica indicou James Bint como embaixador da cultura belga de lojas de fritas no exterior.

A cultura das lojas de fritas (frietkot) foi reconhecida como uma herança cultural intangível pela comunidade flamenga e alemã na Bélgica, a Federação Valônia-Bruxelas e a região da capital de Bruxelas.

Em um evento oficial, na presença dos ministros da cultura e agricultura destas regiões, mantida no Atomium em Bruxelas no dia 20 de julho de 2017, a Sua Alteza Real, Príncipe Laurent da Bélgica indicou o senhor James Bint como o embaixador das verdadeiras fritas belgas no exterior.

Estou orgulhoso de servir como embaixador para as autênticas fritas belgas. Sem dúvida, em nenhum outro país do mundo estas barrinhas de batatas douradas fazem parte da cultura popular como na Bélgica.

Como você provavelmente já sabe, neste paizinho em torno da capital europeia de Bruxelas, são falados três idiomas (neerlandês, francês e Alemão), mas a linguagem das batatas fritas crocantes têm o mesmo som em todos os lugares. Não é por acaso que em cada comunidade a “cultura da fritura” está seguindo um processo para ser reconhecida como “patrimônio cultural imaterial”. Em nenhum lugar do mundo as batatas fritas conseguem aproximar pessoas de diferentes esferas e classes sociais do que neste país, com seus onze milhões de habitantes.

Além disso, o sabor das fritas são determinados pela variedade das batatas (a Bintje continua sendo bastante popular, mas há também outras raças de batatas que aumentam a oferta em comprimento, cor ou sabor), o modo de fritar (óleo vegetal ou banha branca)  e, é claro, a diversidade de molhos para as batatas fritas cuidam das enormes variações.

As fritas belgas são uma verdadeira festa para os belgas, grandes ou pequenos, e estou orgulhoso de transmitir esta mensagem para o mundo inteiro. Neste momento, a Bélgica é o maior exportador de fritas congeladas do mundo.

Depois de um referendo popular, os belgas decidiram compartilhar os seus segredos com todos os cidadãos do mundo. Para garantir estas fritas belgas também para as próximas gerações, foi elaborado um projeto de sustentabilidade sob o título: “juntos para um crescimento sustentável”.

Eu, James Bint, cuidarei que este delicioso produto do país das batatas fritas, nos próximos anos, possa formar uma experiência festiva em todas as partes do mundo. “Bom apetite!’

Vídeo 8 passos para o céu
Embaixador

A figura por excelência para representar as “Fritas belgas” como um todo. O nosso James Bint é praticamente o nosso publicitário do setor da batata. Um embaixador digno para as nossas barrinhas de ouro.

Bélgica

Um Estado belga, um município e até mesmo um vilareijo contribui geralmente com mais de uma fritaria com a autenticidade das batatas fritas belga. Desde o início deste ano, a “cultura das fritas” belga está até sendo reconhecida como patrimônio cultural imaterial.

Fritas

O sabor e o cheiro das batatas fritas belgas são únicos, como nas fritarias e fritadeiras onde são preparadas. Na Bélgica existe o saber fazer para fritar a melhor batata. As batatas já nasceram fritas no nosso DNA!

Socialize-se conosco: